"O que você tem entregado de experiência para a vida?"

Eu li essa frase esses dias e senti que era com ela que eu ia começar esse post sobre a experiência que eu vivi na #garopabahome esse ano.

Uma casa que me escolheu em 2021..

Um presente que o universo me mandou..


Outubro de 2020 eu decidi vir para Garopaba (SC), ainda não tinha certeza se criaria raízes por aqui....

Passei Janeiro de 2021 na ilha de Florianópolis (SC) para então deixar o coração me guiar e decidir em qual lugar eu moraria...

Quando voltei para Garopaba em Fevereiro, pude confirmar que aqui é o lugar que se conecta mais com o estilo de vida que eu escolhi viver...cidade pequena com natureza abundante onde tudo que eu preciso esta ao alcance dos meus próprios passos (um lugar onde eu poderia continuar vivendo sem carro). Aqui tb senti uma energia que não se explica, que só se sente.... e segui minha intuição.

Foi nesse mesmo momento que apareceu a #garopabahome, num primeiro momento como uma proposta da minha amiga que é a dona para transformar a casa num ambiente compartilhado e gerenciar...mas com os dias passando veio um chamado forte de "porque não eu mesma alugar e fazer um projeto aqui?"....Um empurrão que veio da minha amiga linda e mais sincera, a Fernanda Rosa (@mferosa). ela foi a primeira pessoa que entrou comigo na casa com incenso na mão e, enquanto conversávamos no primeiro andar de frente para uma janela com uma vista maravilhosa, ela falou... "estou te vendo ai sentada no chão e já te vejo aqui, essa casa é pra ti.."


Fiquei dias ansiosa e dormindo mal...o medo acaba sempre nos levando para o pensamento de escassez, mas comecei a ressignificar ele trazendo na minha mente uma energia de mais abundância....

Meu medo era em relação a grana...

Refleti comigo: mesmo que eu não consiga reaver o investimento do aluguel, como não considerar todo investimento intangível que essa experiência vai trazer para a minha vida?

Resolvi ir mais fundo no que fazia sentido pra mim....pensei, se eu pudesse viajar pelo mundo agora, eu investiria grana numa viagem. Então porque não investir numa experiência de vida nova pensando nela como uma viagem dentro de uma casa?

Pensar dessa forma mudou tudo...e foi com esse olhar que eu dei o passo...

Aluguei a casa por 3 meses como uma experiência e com o objetivo de reativar aqui o que estava planejado de acontecer pelo mundo ano passado quando sai do Brasil: experiências de viagem com mais significado e conexão com a natureza.

Veio a segunda onda da pandemia e lockdown em Garopapa... mudei os planos....

Acabei não falando muito da casa no feed e não coloquei no mundo o plano das experiências em grupo aqui na região, mas confiei e fiz fluir a casa no offline com poucas pessoas alugando os quartos...

Hoje sei que a #garopabahome aconteceu do jeito que tinha que ser naquele momento....

No dia que eu entrei na casa, já tinha uma amiga que viria ficar umas semanas..

Em seguida recebi uma mensagem inbox de uma amiga que eu ainda ainda não conhecia dizendo que estava vindo para o sul, que queria me encontrar e que ela estava procurando uma casa perto da Praia do Rosa. Pensei comigo, você hein universo....nos conhecemos por vídeo e em uma semana ela chegou para ficar 2 meses....

Logo uma grande amiga de alma, que conheci numa viagem para Patagônia em 2019 e que só tinha visto naquele momento, veio tb...

Veio família..

Veio amigas/amigos de longa data e novas amigas...

Vieram amigas que não tinham saído de Poa desde que a pandemia começou...


Foi tudo muito fluído e sou muito grata por isso.

Sinto que a casa foi o que tinha que ser pra mim e para todas as conexões que se permitiram viver alguns dias por aqui...

Teve muito amor, vida, amizade, conexão com a natureza, conexão de vida, trocas e conversas profundas, muitos novos aprendizados profundos também...

Rolou muitas caminhadas nas praias, trilhas, rolê nas dunas, banho em piscinas naturais, comidinhas delícias e pão feitos em casa, cafés/cevas/vinhos no deck, macramê com a Ma, música, rituais, oficina de produtos naturais e até pintura em família.

Lembro da minha mãe me perguntando porque eu ia pintar a frente da casa se não sabia ainda se ia continuar por lá depois dos 3 meses, falei para ela que queria estar num lugar que me fizesse bem independente do tempo e renovar a pintura junto com o meu pai e com as minhas próprias mãos fez muito sentido pra mim, fez parte da experiência...

A #garopabahome foi td isso...

foi movimento, evolução...

foi sentir, deixar fluir, confiar e viver a vida...

Uma experiência que nutriu a minha alma e me trouxe muito mais confiança na vida.

No meio de tudo isso que estamos vivendo no mundo, ela foi um grande respiro ...

Gratidão Carina, Marcela, Winnie, Josi, Sa, Cris Trinca, Caue, Rose, Kito, Cris Motta, Dani, Pai e Mãe. Não tenho dúvidas que o universo me mandou vocês porque tínhamos que viver essa casa juntos e *entregar essa experiência para a vida e para o mundo*.


Gratidão por tanto #garopabahome !


Com amor,

Grazi